26 de janeiro de 2020, Boa tarde!
Buscar
                     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Reprodução humana em destaque XVI Congresso de Campos

Reprodução Humana foi um dos temas mais aguardados nas conferências realizadas esta semana no o XVI Congresso de Médico da Cidade de Campos e o XXVI Congresso da Supem, evento realizado pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia com o patrocínio da Prefeitura de Campos. Nesta sexta-feira (17/05), o congresso contou com a participação de especialistas de outros países, como o colombiano Elkin Lucena, que iniciou a Reprodução Assistida na América Latina e o mexicano Rafael Sanchez Usabiaga, especializado em Rastreamento Genético.
 
O secretário de Saúde, Geraldo Venâncio, juntamente com outras autoridades, participou de mesa redona na conferência “Reprodução Himana”, na sala 3 da Faculdade de Medicina de Campos. Lucena, Sanches, Paulo Gallo e Artur Dzik, presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, ministraram palestras sobre o “Ciclo natural modificado em TRA”, “Os 10 mandamentos da Reprodução Humana para o ginecologista”, "Idade e Fertilidade" e os novas modelos de estímulo ovariano controlado, entre outros assuntos.
 
A conferência ainda contou com a participação do coordenador do Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense (CIMF), Hospital Escola Álvaro Alvim, Francisco Augusto Colucci. O CIMF tem o apoio da Prefeitura de Campos e foi realizou a reprodução assistida do primeiro bebê do país resultante de Fertilização In Vitro (FIV) com o novo método INVO do país, a pequena Maria Virória. O especialista falou sobre os “Protocolos MILD modificados em TRA” e destacou a técnica de fertilização empregada em Campos. 
 
O médico disse que houve uma troca de experiências sobre a fertilização gratuita na rede pública de assistência:
“Todos destacamos a preocupação com resultados de tratamentos que levam a gestações múltiplas. Há um consenso mundial pela transferência de apenas um embrião para a paciente, a fim de se evitar gestações múltiplas. Também se confirmou o posicionamento quanto ao uso de baixas dosagens de medicamentos para a obtenção dos óvulos, o que já fazemos em campos. Esta foi uma oportunidade especial para apresentar, a especialistas de outros locais e países, o método INVO, que utilizamos em Campos para fertilização”, concluiu. 
 
- Exposição - Vários estandes de instituições da área de Saúde foram montados na pátio da Faculdade de Medicina de Campos. No da Secretaria de Saúde, o aluno do 5º período de Medicina e presidente do Diretório Acadêmico Luiz Sobral, Artur Salgado,  20 anos, cohecia projetos e ações. “Ainda não decidi em  que vou me especializar, mas, dentre os programas da Prefeitura de Campos, me chama a atenção o da vacinação, que é o mais completo do país”, declarou.

 

Fonte: www.odiariorj.com