09 de dezembro de 2019, Bom dia!
Buscar
                     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


INVO

A cultura intravaginal (IVC) de gametas, também denominada INVO, é um procedimento desenvolvido a mais de vinte anos.


O novo dispositivo INVOCell™, é um dispositivo precisamente projetado e fabricado nos Estados Unidos por uma empresa ISO-13485. É um dispositivo médico desenvolvido pela companhia INVO Bioscience e foi criado pelo Dr. Claude Ranoux, que é especialista no campo da saúde reprodutiva, infertilidade e embriologia. O mesmo desenvolveu o procedimento INVO, a utilização do método de cultura intravaginal e o INVOcell™.


O procedimento INVO tem sido utilizado no tratamento de pacientes com diferentes causas de infertilidade em vários paises da Europa (Alemanha, Itália, Áustria, França, Suíça, etc.) e América Latina (Colômbia, Peru, Venezuela, etc.) onde cada país tem seu órgão de fiscalização e aprovação. A sua única exceção para a utilização dessa técnica é a não recomendação para casos de fator masculino severo no qual a microinjeção intracitoplasmática (ICSI) é a técnica indicada.


O dispositivo  INVOcell™ é uma cápsula biológica utilizada para fertilização de óvulos e desenvolvimento inicial de pré-embriões na cavidade vaginal da mulher. O dispositivo é hermeticamente fechado, porém permeável a Oe COe mantém o pH dentro do meio de cultura. Esse dispositivo é balanceado com o gás do epitélio e com a umidade e temperatura correta fazendo com que a vagina da paciente atue como uma incubadora. (Ranoux & Frydman, 2008). Desse modo ele se torna uma alternativa simples e de menos custo para o tratamento de infertilidade comparada as técnicas convencionais.


Dentre as vantagens e benefícios da utilização da técnica de cultura intravaginal e do dispositivo INVOcell™ estão os benefícios fisiológicos, a redução do número de etapas de manipulação diminuindo o risco de contaminação e o fato de que é permitida a paciente a oportunidade de participar ativamente ao processo de fertilização. (Ranoux & Seibel 1990). Outra vantagem da utilização é a apresentação de uma menor taxa de gravidez múltipla e um aumento nas taxas de gravidez.


A combinação do dispositivo INVOCell™ com protocolo MILD, possibilita o cumprimento da resolução do CFM nº 1.957/10 vigente no país, que orienta quanto ao numero de pré-embrioes transferidos para ao útero da paciente, tendo a idade da mesma como referencia. Proporcionando também uma redução de pré-embrioes excedentes, cujo destino deve ser a criopreservação como obriga a mesma resolução do CFM nº 1.957/10.