09 de dezembro de 2019, Bom dia!
Buscar
                     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INSTITUCIONAL


Histórico

Pensado em 2001 o Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense, tornou-se em 2011, cinco anos após iniciar efetivamente suas atividades em 2006, o primeiro no Estado do Rio de Janeiro a ser Licenciado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA- , por cumprir as exigências preconizadas pela Comunidade Cientifica, incluindo neste contexto uma equipe multidisciplinar – médicos, embriologistas, psicólogos, enfermeiras - e outros, necessários ao desempenho com resolutividade deste segmento de alta complexidade, que é a reprodução humana assistida.

Funcionando em uma área de 240 m2 nas dependências do Hospital Escola Álvaro Alvim, mantido pela Fundação Benedito Pereira Nunes, em Campos dos Goytacazes, o Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense iniciou seus trabalhos a partir de uma parceria com o citado hospital, com a Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes que financiou o projeto e uma parceria cientifica com a Universidade de Valencia-Espanha, referencia mundial em medicina reprodutiva.

Essas parcerias que perduram até hoje e vem sendo intensificadas, permitiram que todas as exigências legais do projeto norteado pela ANVISA fossem cumpridas. De 2001 a 2005, quando as obras foram iniciadas na área física do Hospital Álvaro Alvim, houve um considerável tempo para maturação do projeto, formação da equipe multidisciplinar e capacitação de profissionais para o desenvolvimento de um trabalho que se tornou um marco na medicina do Estado do Rio de Janeiro.

O Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense começou suas atividades em 2006, mesmo ano em que o Hospital Escola Álvaro Alvim era certificado pelo Ministério da Educação como Unidade de Ensino, atestando a qualidade dos seus serviços, fato relevante que avalizou a competência do Centro, onde os primeiros casais assistidos mostravam inteira confiança na estrutura oferecida, tanto na equipe médica multidisciplinar quanto no aporte hospitalar.

Composto de 02 consultórios de Reprodução Humana, um de Ginecologia, um de Psicologia, sala de coleta de sêmem e uma outra equipada com aparelho de ultrasonografia 3D/4D, o Centro é referência estadual em reprodução humana assistida, contando ainda com sala de Repouso Anestésico, Centro Cirúrgico, Laboratório de Embriologia e Laboratório de Andrologia e Genética sendo esta estrutura própria, separada da estrutura do Álvaro Alvim, preservando assim, a intimidade e o anonimato dos nossos assistidos.

O Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense tem como compromisso primeiro, permitir o acesso de todos aos modernos tratamentos de infertilidade, sob os fundamentos da responsabilidade profissional, sublinhando as palavras Ética e Qualidade. Em franco processo de expansão, quer de área física, quer de qualificação, o Centro de Infertilidade de Medicina Fetal do Norte Fluminense, foi o primeiro autorizado pela ANVISA a utilizar do INVO, que revolucionou na maioria dos casos a reprodução assistida, por se tratar de um método eficiente e de custo compensatório.

Aprimorar a qualidade dos nossos profissionais tem sido outro compromisso incondicional, com todos participando de congressos em suas respectivas áreas, quer no Brasil ou no exterior. Temos um Centro de Estudo que recebeu o nome de Dr. Wilson Paes, saudoso fundador da primeira maternidade de Campos que deu origem a Faculdade de Medicina da cidade, Centro de Estudo esse, onde nossa equipe está em permanente reciclagem.

O Centro de Infertilidade e Medicina Fetal do Norte Fluminense parte da premissa do respeito a todos os direitos humanos, entre eles o direito de conceber e de nascer.